expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

EU !...

Numa noite muito escura,
O vento uivava e a chuva caía torrencialmente,
Eu com sol, suor, procurava o teu amor como um
Tesouro oculto.

Badjuda, tu és a rainha encantadora da paixão,
Flor de Romã do médio oriente,
Tens lábios cor-de-rosa, olhos de cristal,
Sorriso brilhante, ardente como uma noite
De Lua cheia, num oceano cheio de rosas,
Procurando o teu amor.

Badjuda, por quantos poderás avaliar paixão
Que eu sinto por ti?
Se, porventura, eu estiver na montra dos eleitos.
Então, direi que, se tens amar alguém,
É porque tens um mundo a criar.

Badjuda, deixa que essa obra-prima cresça.
Sonho que um dia você será a minha parceira ideal,
Para toda a vida…



Poema: feito por Celestino Elton Infanda.

8 comentários:

eu tenho um sonho "Alatem" disse...

Badjuda no meu dialecto crioulo é dama

ParadoXos disse...

um dama de encantos com sabor a piri-piri!
sinto que a cada poema teu as palavras fluem com mais força e vigor, não podes mesmo deixar de escrever grande amigo!
é uma honra poder confraternizar contigo.
e já agora obrigado pelo apoio lá na FDL.


forte abraço!!!!

heduardo

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Um beleza de poema pleno de amor ,sentimento e esperança!!!

Gostei demais!

Um abraço amigo!

Sonia Regina.

AFRICA EM POESIA disse...

Lindo poema o teu... E eu meu amigo penso o mesmo que tu. Pode ser que um dia o continente Africano seja feliz Que os grandes governos partilhenm o pão...

A democracia é assim...
eu partilho o pouco que tenho...



Um beijinho
ÁFRICA


África...
Linda...
Imensa...
E mágica...
África dos Leões...
Dos elefantes...
Das girafas...
E do salalé...
Do muito...
E do pouco...
Da magia...
Da vida...
Do amor...
E da saudade...
África...
É tudo isto...
África...
É a imensidão...
Do ir...
Do amar...
E do querer... voltar...


Lili Laranjo

Beatriz Prestes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Raquel Giestas disse...

Oi Amigo.
Como já te tinha dito na Faculdade, o poema está lindo. Também em mim corre o sonho de que Africa se venha a tornar numa nação de Homens livres e civilizados, onde o suficiente seja do dominio de todos os seus cidadãos. Como sabes sou de Luanda, e a vontade de ver a minha Terra florescer é imensa. Talvez um dia. A Esperança não deve morrer.

Pena disse...

Fabuloso Amigo Poeta:
Escreve com sensibilidade e com o coração.
Um poema lindíssimo.
Parabéns. A sua "explosão" de amor só tem sentido no reencontro. Ela irá adorar a sua magia GIGANTESCA de amar.
Abraço amigo de imenso respeito.
Espere. Ela regressará, se valorizar o seu precioso talento e delícia dos poemas sublimes que faz.
Sempre a admirá-lo

pena

MUITO OBRIGADO pela visita.
Bem-Haja, extraordinário poeta e amigo.
Adorei.

eu tenho um sonho "Alatem" disse...

Obrigado amiga.....